Total de visualizações de página

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Quase dois anos

São quase dois anos sem postar no blog.

Passei por muitas coisas, muitas mudanças, fases, adaptações. Efeito sanfona (ganha 2kg, perde 3kg, ganha 1kg, e por aí vai...)

Hoje, com 94kg, retomei a atividade física depois de várias tentativas de voltar sem sucesso. Estava sentindo falta da endorfina, das aulas de dança, do quanto eu me sentia bem praticando uma atividade. Voltei à Hammer Academia, onde me sinto bem e onde sou sempre incentivada.

Estou passando por muitas mudanças, e espero aos poucos retomar o blog com dicas, notícias, coisas legais de se compartilhar com quem também sofre com a balança e precisa de um incentivo.

Ah, não liguem para a cara na foto, a câmera tratou de disparar na hora errada!! Conto com vocês, e contem comigo também!!!!

terça-feira, 15 de julho de 2014

Mudança de treino

Ontem voltei na empolgação para a academia. Proteína, garrafinha de água, tudo a postos. Meu querido professor Alex Wendel me apareceu com treino novo para começar a semana bem.... E o treino A veio logo com exercícios para a perna, pra matar mesmo!!!

Agachamento, leg press, o escambau... descer e subir escada, sentar e levantar? Trabalho de Hércules! kkkkk Mas estou bem animada, sentindo as mudanças no peso e no corpo. Muito feliz e com o Fitness Pal fica bem mais fácil.

Espero conseguir bons resultados nessa semana, pra chegar nos 30 com o pé direito lá na frente! Hoje teve mais mudança, com muito exercício de braço, aí aproveitei pra me jogar no aeróbico. Sensação boa de dever cumprido, com outro ânimo.

Olha o nível do stairmaster hoje

E amanhã tem FitDance e mais malhação. Não quero e nem posso mais é ficar parada.

Afinal, o braço ta saindo... Risos 

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Levando a sério

Antes que briguem comigo por causa das duas semanas que fiquei sem postar, preciso dizer que não foi de propósito.. entre jogos da Copa do Mundo, trabalho em horários diferenciados por conta das partidas e um pouco de falta de motivação, deixei o bichinho aqui abandonado.

Mas desde a semana passada, com muita motivação e quase 30 anos nas costas resolvi retomar não só a R.A. da forma correta como também levar a sério a academia. Uma coisa que gosto muito é de dançar, e na semana passada fiz praticamente um tour por aulas de professores amigos, que se juntaram para criar o FitDance.

Na nossa aula Cafofo FitDance, com professor Zig!


O objetivo do FitDance é ensinar as coreografias das músicas mais tocadas de axé, funk, forró, pagode, sertanejo, arrocha, etc. de forma unificada. O que quer dizer? O que antes era Troupe Dance com uma coreografia, Suingue Raça com outra, professor fulano num estilo, professor beltrano com outro, agora é a mesma base para todo mundo. O bom da aula é que dá pra queimar calorias e perder peso sim! Cada um tem seu percentual de perda, mas dá pra suar a camisa e se divertir. Pra mim, é uma terapia maravilhosa. Adoro! Inclusive, essa união resultou em um DVD que está saindo logo logo, com os melhores professores da cidade. Quem quiser, pode ver alguns vídeos no YouTube e ter noção do que vem por aí..


Mas voltando ao foco, fiz aula de dança todos os dias da semana, coragem para malhar só na terça mesmo. Ou seja, essa semana vou jogar duro na musculação porque mais do que nunca, depois de uma perda acentuada, o enrijecimento dos membros é fundamental, para me livrar do "tchau", do excesso nas coxas e barriga.

Completei oito meses da cirurgia, tenho tido menos dumping, controlando mais a alimentação, claro, e me hidratando para evitar novos episódios de infecção urinária. Quando o peso começa a estagnar, precisamos correr atrás de alternativas para que tenhamos novamente perdas significativas. Falta pouco e ao mesmo tempo falta muito, então procuro novas receitas, mudar a alimentação e agora utilizando novamente o Fitness Pal, um contador de calorias que me ajuda a controlar o que como e deixo de comer, inclusive a ingestão de água. Vale a pena conhecer, mas é fundamental um acompanhamento com nutricionista, nada de querer fazer as coisas ao Deus dará.

Bom, essa semana vai ser bem corrida, mas volto logo, os 30 estão chegando então eu quero chegar na comemoração com um peso a menos, quem sabe... 6 dias e contando!

domingo, 29 de junho de 2014

Jacar Ou não jacar...

Este termo, comumente usado nas redes sociais, determina o dia de pé na jaca. Ou seja, vamos comer como se não houvesse amanhã. Mas houve. Seja um dia, dois dias, feriado, férias, final de semana... Todo mundo acaba "jacando"...

E esse final de semana que eu prometi segurar a partir de agora, não foi diferente. Sem malhar desde quinta, por causa de demandas a resolver, acabei dando 1x0 no meu comprometimento com a malhação... Aí comecei o projeto vamos jacar de leve na sexta...

À noite tivemos jacada light com pizza e água de coco, ontem e hoje na casa do namorado então foi a vez de uma jacada mais hard com pãozinho delicia, cozido no almoço, amendoim e pipoca durante o jogo, brigadeiro, torta de chocolate com biscoito (dois amores do viva gula) e à noite, temaki pra fechar com chave de ouro. O domingo até tentou ser light, mas o almoço contou com três carboidratos e uma proteína no prato, e massa folheada com maçã, açúcar e canela no jantar.

Amanhã retornaremos a programação normal com swingão, escadinha do horror (aka Stairmaster), esteira e musculação. Sei que o melhor Eh não pegar pesado, mas não pego, não espero chegar no limite, mas isso me faz bem. E me aguardem, pois dia 1° tudo muda de figura, já que os 30 vêm aí....

quinta-feira, 26 de junho de 2014

A Bariátrica

Muitas pessoas que passam pela gastroplastia evitam falar, ou não gostam, mas acho interessante divulgar pois tem gente que tem medo de cair na faca, como eu, que esperei muito como última alternativa depois de tantas dietas e reeducações sem sucesso. Eu até falo, sem problemas, mas tenho percebido as pessoas com pé atrás quando digo quanto tempo tenho de operada e quanto já perdi. Uns acham muito, outros acham pouco, mas isso varia muito de pessoa para pessoa, o metabolismo, eu por exemplo moro sozinha pra cozinhar é complicado, o dia a dia, fora questões psicológicas que criam empecilhos para que consigamos atingir nosso objetivo.

Mas pior do que ver a reação das pessoas são as comparações com outras. Explico porque cada um tem seu tempo. Tenho amigos que pesavam 160, 150 quando fizeram e levaram nove meses para chegar a 110, 100. Conheço outros que pesavam 120 e levaram o mesmo tempo para chegar a 80, 90. Ah, mas fulano fez na época também e perdeu mais. Fulano é fulano, não sou eu nem você. Estejamos entendidos. Metabolismo gente... Outra coisa, eu entendo meu corpo e nos "conversamos". Se ele quer demorar mais, vamos deixar. 

Desculpem o desabafo, mas sei que não só eu mas outras pessoas se sentem injustiçadas com comparações e questionamentos. É sempre bom falar um pouco e quem sabe assim abrir um canal para conversas, não é verdade?


Dia 1 ou 2, quem sabe...

Hoje foi dia de acordar cedo. Optei por malhar pela manhã e aproveitar a noite para arrumar umas coisas em casa.

Difícil saber de onde achei disposição. Demorei a dormir, quase 1h30, acordei as 7h brigando com o alarme até 7h20 e enfim levantei para começar o dia. Cheguei na academia com a aula de ritmos/fit dance/mix dance/como queiram começando...  Me joguei com tudo, dentro do que a disposição permitia, e depois fui para a musculação. Treino bi-set seguido de uma corridinha alternada com caminhada na esteira. 2,5km em 27 minutos, e depois 15 minutinhos de StairMaster para matar de vez. Tô até gostando da escadinha, que eu achava um horror! risos

Mantive uma alimentação balanceada durante o dia, minha barra de proteína pela manhã,  japa no almoço, sanduíche natural à tarde e muita água para dentro. Quem já passou por infecção urinária sabe como é chato e por isso tenho me cuidado para não ter recaída. À noite, com o tempo livre, vou deixar a chef que existe dentro de mim aflorar e pensar em algo legal... Surpresa :)

Tenho procurado medir as quantidades e usar pratos pequenos, para evitar o olho maior (bem maior) do que o estômago e a barriga e evitar a sensação de estar cheia, que não é nem um pouco legal. Vou te contar, a pior sensação do mundo é estar comendo e querer comer mais e sentir dor. Não é isso que eu quero para mim e nem desejo a ninguém. Vou pra academia, malho, mas é fundamental ficar de olho na alimentação e nas quantidades. Não adianta se matar na esteira, na StairMaster, no elíptico e nas aulas e chegar em casa comer um "prato de pedreiro"...

Bom, vamos voltar ao trabalho e mais tarde apareço novamente.


quarta-feira, 25 de junho de 2014

Determinação

Quando se chega  uma determinada fase da dieta, reeducação, mudança de vida, como queiram falar, é preciso uma injeção de gás, animo, pois você já ouviu todos os elogios, todos os comentários mas ainda falta muito.

É aquela "pochete" que não sai por nada, é aquele excesso que se faz movimentos próprios quando você está no meio da aula de dança e mais parece uma gelatina e para que isso mude de figura é preciso determinação. Para seguir adiante, para continuar aquele cardápio alimentar ou tentar criar e variar para tornar interessante o dia a dia e para que a balança continue a fazer você sorrir a cada manhã ao invés de chorar.

É nisso que eu estou me apegando, na determinação e nas possibilidades de variações. Não quero sentir dumping, me sentir empachada, entalar e muito menos ter infecções urinárias recorrentes por causa da redução e de não conseguir beber água... 

Então hoje já foi dia de me jogar na academia. Só aeróbio para voltar ao ritmo pós feriadão (folgas da copa+São João) com 50 minutos de fit dance mais 25 minutos de corrida e caminhada na esteira... Devagar e sempre, em busca do objetivo que nunca é o final: vida saudável e peso ideal. 



Na pegada Fitness

Não vou pegar carona nos mil blogs e instagrams da vida sobre dieta e vida saudável e exercícios físicos e perca 10kg milagrosamente... 

Eu sempre pratiquei atividades, minha vida toda. Seja dança na infância e adolescência (ballet, jazz, street dance), até entrar em uma academia com minha mãe e conhecer o Mix Dance, também conhecendo como ritmos e agora Fit Dance. 

O que me animava em acordar cedo e ir malhar era a aula de dança, cada semana uma coreografia nova, fora que o professor era uma figura!! Aos poucos fui simpatizando com a musculação.. Sendo fumante na época, sem fôlego quase nenhum e obesa. Odiava esteira, fazia porque precisava e até me arriscava no elíptico...

Depois da cirurgia, me sinto mais disposta para correr na esteira (alternando com caminhada), subir a StairMaster (a escadinha do horror ❤️) e fazer elíptico também, quando os demais estão ocupados... E é nessa disposição que vou me apegar para chegar lá... 

Mostrar um pouco da rotina, com fotos, notícias, mas nada de sair compartilhando treino ou dieta, até porque cada um tem seu treino, sua alimentação... 

Bom, então estamos no início de uma nova fase, e espero e tenho certeza que vai ser massa!!!!

Três meses sem pisar os pés aqui

Dona Ana Virgínia, assim não da né? Três meses sem escrever uma linha, vamos voltar a assiduidade porque faz muito bem!

Tantas coisas acontecendo, novidades boas, outras melhores ainda, compartilhar é preciso!!

Pois quase oito meses depois da cirurgia, a perda foi sim significativa mas ainda não chegamos lá! Então vamos fazer dessa fase a mais interessante, que tal?

Tivemos viagem aos EUA, retorno "forte" à academia, com foco no aeróbio e enrijecimento, e outras "cositas más" pelo caminho...

Bom essa sou eu em foto recente na academia, ainda faltam uns 20 poucos quilos para ir e pretendo fazer dessa perda que falta algo interessante. 


Eu que não sou de cozinha vou começar a me arriscar mais, até porque ganhei um livro de receitas fáceis e práticas de Dia dos Namorados (e eu adorei porque tava precisando de algo assim) e pretendo testá-las e assim mudar meu cardápio e meu way of life. Sem sedentarismo, foco na academia e na alimentação, pra chegar lá! Afinal, os 30 anos estão chegando...

terça-feira, 25 de março de 2014

A tal queda de cabelo

Se tem uma coisa me incomodando é a queda de cabelo. Parece que deu uma boa acentuada essa semana e sempre limpando a casa pela quantidade de cabelo no chão. Estou quase decidida a cortar o cabelo que prometi deixar crescer pra ver se disfarça mais... 

Comecei a ingestão do pill food ontem, e acredito que com o colágeno e o Barivit, vá frear essa queda constante.

Agora vou malhar e cuidar da contagem regressiva pra sair dos 100. Falta muito pouco! 😊😊